Ultimas Notícias

Indígenas pressionam e prefeito de Canarana pede para coordenadora sair do Dse

O gestor enviará um documento a tia, solicitando que ela peça exoneração do cargo.


Agora a pouco o prefeito de Canarana, Fabio Faria (PSDB), anunciou na sua página do Facebook que irá enviar um documento a atual coordenadora do Dsei Xingu, solicitando que ela peça exoneração do cargo. A decisão foi tomada durante reunião com centenas de indígenas do Xingu, descontentes com a substituição da coordenação na Saúde Indígena. O movimento dos xinguanos já dura 5 dias.
Em nota na rede social, o prefeito lembra que o Executivo Municipal não interfere na nomeação ou exoneração de cargos federais, mas está atuando na resolução do problema.

“Fizemos hoje, pela manhã, reunião na Câmara de Vereadores com as lideranças indígenas xinguanas onde, em conjunto, construímos um documento solicitando que a coordenadora atual peça exoneração do cargo”, informa a publicação.

Desde sábado (26), os indígenas de várias etnias do Xingu ocupam as instalações do Dsei e fazem protestos nas ruas de Canarana. Hoje de manhã, já somando um total de 300 xinguanos no movimento, eles foram até a prefeitura exigir uma reunião com o gestor na Câmara Municipal.

Os representantes do movimento suspeitam de interesses pessoais na nomeação da tia do prefeito, Creusa Lopes de Faria, e afirmam não aceitar indicações políticas para o cargo. A antiga coordenadora, Alessandra Santos Abreu, ingressou no Dsei a convite dos próprios indígenas, após um movimento, em outubro do ano passado, que consistiu em 36 dias de ocupação do prédio do órgão. Ela trabalha há 13 anos especificamente na questão indígena, tem 18 anos atuando na Saúde Pública e é um rosto conhecido na região do Xingu.

Ao Semana 7, ontem, o prefeito confirmou um grau de parentesco com a atual coordenadora e diz não saber se ela tem proximidade com políticos de Brasília que poderiam ter intercedido pela nomeação ao Dsei Xingu.


Fonte Portal Querênciano com Semana7
Tecnologia do Blogger.